Link: Crítica: Liga da Justiça - humor em excesso, personalidade em falta.